Bloqueio ou Ablação de Nervos Geniculares – Controle da Dor do Joelho

 

A dor no joelho é uma queixa comum que pode afetar significativamente a qualidade de vida dos pacientes. Diversos tratamentos são disponíveis, mas nem sempre fornecem alívio adequado. O bloqueio ou ablação dos nervos geniculares são procedimentos minimamente invasivos que têm se mostrado eficazes no controle da dor do joelho, especialmente em casos de dor crônica e refratária a outras terapias. Este artigo fornece uma visão detalhada sobre esses procedimentos, suas indicações, métodos, bem como os resultados esperados.

 

O que são os nervos geniculares?

Os nervos geniculares são pequenos ramos nervosos responsáveis pela inervação sensitiva e dolorosa do joelho. Eles passam próximos aos ossos, logo acima e abaixo do joelho. Embora seu trajeto seja conhecido, há variações na posição e ramificações desses nervos de pessoa para pessoa.

Bloqueio de Nervos Geniculares - Dr. Pedro Giglio

Ilustração demonstrando nervos responsáveis pela sensibilidade da articulação do joelho (em amarelo).

 

Para que serve o bloqueio ou ablação dos nervos geniculares?

O bloqueio ou ablação dos nervos geniculares são procedimentos minimamente invasivos que ajudam no controle da dor do joelho. Eles são especialmente úteis para pacientes que não obtiveram alívio adequado com medidas mais simples, como medicações e infiltrações articulares. Em casos de artrose do joelho, esses procedimentos são opções para aqueles que não podem ou não desejam se submeter a cirurgias de prótese.

Qual a diferença entre bloqueio e ablação dos nervos geniculares?

  • Bloqueio: Realizado com medicações anestésicas e anti-inflamatórias, é útil para controlar dores agudas, como no pós-operatório, ou a fim de testar a resposta do paciente antes da ablação. A duração do bloqueio depende do tempo de ação das medicações utilizadas.
  • Ablação: Indicada para dor crônica, envolve alterações estruturais nos nervos através de radiofrequência, lesão térmica, crioablação ou substâncias como fenol. A ablação busca efeitos mais prolongados do que o bloqueio.

Como é feito o bloqueio ou a ablação dos nervos geniculares?

Esses procedimentos são guiados por imagem, utilizando Raio-X (radioscopia) ou ultrassonografia, sendo esta última preferível por não emitir radiação ionizante e permitir o posicionamento guiado. A técnica envolve a inserção de uma agulha fina próxima ao nervo, através da qual são administradas as medicações ou substâncias ablativas.

Anestesia local é usada para o conforto do paciente. O procedimento é repetido para cada nervo desejado, geralmente tratando três ou quatro nervos geniculares no joelho. Pode ser realizado de forma ambulatorial, no consultório, desde que todas as normas de segurança sejam seguidas.

Imagem de ultrassonografia mostrando procedimento de bloqueio de nervo genicular. Em amarelo, a agulha; em vermelho, a artéria genicular superomedial; em verde, o fêmur.

Quais os resultados esperados da ablação dos nervos geniculares?

A ablação visa oferecer alívio prolongado da dor, melhorando a qualidade de vida dos pacientes com dor crônica no joelho. Porém, a intensidade e a duração do alívio podem variar entre os pacientes.

Com a redução da dor, os pacientes não só experimentam uma melhor qualidade de vida, mas também conseguem realizar reabilitação e exercícios de forma mais eficiente, contribuindo para uma recuperação mais completa e eficaz.

 

O objetivo do bloqueio dos nervos geniculares é a melhora da dor no joelho, proporcionando maior qualidade de vida, bem como uma melhor capacidade de realizar reabilitação eficiente.

Anestesia geral ou sedação é necessária para realização de bloqueio ou ablação de nervos geniculares?

Geralmente, não é necessária anestesia geral ou sedação, apenas anestesia local para garantir o conforto durante o procedimento.

Existem riscos na ablação ou bloqueio dos nervos geniculares?

Efeitos adversos comuns são dor e pequenos hematomas nos locais de punção.

Como qualquer procedimento médico, existem riscos associados, mas são minimizados quando realizados por profissionais experientes e com as devidas precauções.

Desse modo, considera-se o procedimento seguro, e a chance de complicações graves, como reações sérias à medicação e infecção, são muito remotas.

Conclusão

O bloqueio ou ablação dos nervos geniculares são procedimentos minimamente invasivos que oferecem uma alternativa eficaz para o controle da dor no joelho, especialmente em casos em que métodos convencionais não proporcionaram alívio adequado.

Esses procedimentos permitem uma melhora significativa na qualidade de vida dos pacientes, possibilitando uma reabilitação e prática de exercícios de forma mais eficiente. Sendo assim, com um perfil de segurança favorável e baixos riscos de complicações, a ablação e o bloqueio dos nervos geniculares são opções para o manejo da dor do joelho, promovendo alívio prolongado e sustentado para aqueles que sofrem com essa condição debilitante.

 


O tratamento médico sempre deve ser individualizado. Portanto, para obter um diagnóstico correto e iniciar o tratamento adequado, o paciente deve buscar um profissional qualificado, ortopedista especialista em joelho.

O Dr. Pedro Giglio é ortopedista especialista em Cirurgia do Joelho, membro titular da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Joelho (SBCJ). Ele realiza seus atendimentos no Núcleo de Ortopedia Especializada ou via teleatendimento.

Entre em contato e agende uma consulta com o Dr. Pedro Giglio

 

Referências

Yasar E, Kesikburun S, Kılıç C, Güzelküçük Ü, Yazar F, Tan AK. Accuracy of Ultrasound-Guided Genicular Nerve Block: A Cadaveric Study. Pain Physician. 2015 Sep-Oct;18(5):E899-904. PMID: 26431143.

Risso RC, Ferraro LHC, Nouer Frederico T, Peng PWH, Luzo MV, Debieux P, Sakata RK. Chemical Ablation of Genicular Nerve with Phenol for Pain Relief in Patients with Knee Osteoarthritis: A Prospective Study. Pain Pract. 2021 Apr;21(4):438-444. doi: 10.1111/papr.12972.

Kidd VD, Strum SR, Strum DS, Shah J. Genicular Nerve Radiofrequency Ablation for Painful Knee Arthritis: The Why and the How. JBJS Essent Surg Tech. 2019 Mar 13;9(1):e10.

Yildiz G, Perdecioglu GRG, Yuruk D, Can E, Akkaya OT. Comparison of the efficacy of genicular nerve phenol neurolysis and radiofrequency ablation for pain management in patients with knee osteoarthritis. Korean J Pain. 2023 Oct 1;36(4):450-457. doi: 10.3344/kjp.23200. Epub 2023 Sep 21. PMID: 37732409; PMCID: PMC10551393.