Lesões de Ligamento no Joelho – Entorse do Joelho

Lesões de Ligamento no Joelho | Dr. Pedro Giglio

Lesões de ligamento no joelho são frequentes, e o diagnóstico e tratamento adequado é essencial para retorno às atividades do dia-a-dia e esportivas normais, e evitar sequelas futuras.

Quais são os ligamentos mais importantes do joelho?

O joelho é uma articulação sem estabilidade óssea importante, ou seja, ele depende de seus ligamentos para se manter estável.

Os ligamentos mais importantes do joelho são:

  • Ligamento cruzado anterior (LCA)
    O LCA é um ligamento na parte central do joelho, que faz estabilização anterior e rotacional da articulação. A lesão do LCA ocorre pela torção do joelho, em geral em prática esportiva. Na maioria dos casos, o tratamento da lesão do LCA é cirúrgico.

    Lesões de Ligamento no Joelho | Dr. Pedro Giglio

    Ligamento cruzado anterior (LCA)

  • Ligamento cruzado posterior (LCP)
    O LCP é um ligamento na parte central do joelho, que faz a estabilização posterior da articulação. A lesão do LCP pode ocorrer na prática esportiva, ou em acidentes de alta energia, como trauma automobilístico e quedas de altura.A lesão do LCP é de tratamento não cirúrgico (conservador) quando é isolada e sem instabilidade intensa, com uso de imobilização e reabilitação. Já a lesão combinada, com mais ligamentos envolvidos, ou com instabilidade intensa, é de tratamento cirúrgico.

    Lesões de Ligamento no Joelho | Dr. Pedro Giglio

    Ligamento cruzado posterior em azul. À esquerda, visão de frente do joelho, à esquerda, visão por trás.

  • Ligamento colateral medial (LCM)
    O LCM, também chamado de ligamento colateral tibial, é o principal ligamento da parte medial (interna) do joelho. É responsável por estabilizar o movimento em valgo, ou seja, o movimento do joelho para dentro.A lesão do LCM isolada é de tratamento não cirúrgico na maioria dos casos, já que é um ligamento com boa capacidade de cicatrização. Lesões combinadas do LCM, em conjunto com outros ligamentos, podem precisar de tratamento cirúrgico. A lesão combinada ligamentar mais frequente no joelho é a lesão de LCA e LCM.

    Ligamento colateral medial | Dr. Pedro Giglio

    Ligamento colateral medial (em verde)

    • Ligamento colateral lateral (LCL)
      O LCL, também chamado de ligamento colateral fibular, é o principal ligamento da parte lateral (externa) do joelho. É responsável por estabilizar o movimento de varo, ou seja, o movimento do joelho arqueado para fora.A lesão do LCL isolada é incomum, sendo mais frequente ocorrer em conjunto com outros ligamentos da parte lateral do joelho, a chamada lesão do canto póstero-lateral. Esta é uma lesão que em geral precisa de tratamento cirúrgico.

      Ligamento colateral lateral | Dr. Pedro Giglio

      Ligamento colateral lateral (em roxo)

Lesões de Ligamento no Joelho | Dr. Pedro Giglio

Estruturas do canto póstero-lateral do joelho: ligamento colateral lateral, tendão do músculo poplíteo, ligamento poplíteo-fibular

  • Ligamento patelofemoral medial (LPFM)
    O ligamento patelofemoral medial é o principal estabilizador da patela (rótula). Quando ocorre a luxação da patela, o ligamento patelofemoral medial é rompido. No primeiro episódio de luxação, o tratamento pode ser não cirúrgico, com  imobilização e reabilitação.Já na luxação recidivante,  com mais de um episódio, há indicação de tratamento com cirurgia. O tratamento de outras alterações do formato do joelho pode ser necessário no caso da instabilidade de patela. Saiba mais sobre a instabilidade de patela clicando aqui.

    Lesões de Ligamento no Joelho | Dr. Pedro Giglio

    Ligamento patelofemoral medial, em azul, responsável pela estabilização da patela (rótula)

  • Ligamento patelar (tendão patelar)
    O ligamento patelar também é chamado de tendão patelar. É o ligamento responsável pela transmissão da força da musculatura da coxa,  permitindo o movimento de extensão do joelho (movimento de esticar). Quando ocorre lesão extensa ou completa deste ligamento,  é necessário tratamento cirúrgico.
  • Ligamento anterolateral (LAL)
    O ligamento anterolateral do joelho pode ser lesado em conjunto com o LCA. Atualmente, esse ligamento é reconstruído em conjunto com a cirurgia do LCA, como um reforço para esse ligamento, em pacientes de maior risco para nova lesão.

Como ocorrem as lesões de ligamento no joelho?

As lesões ligamentares do joelho ocorrem na maioria das vezes por trauma torcional. São frequentes em atividades esportivas como futebol, esqui, handebol, artes marciais, entre outras.

O trauma do joelho pode ser com contato direto, como em uma colisão entre atletas, ou indireto, por um movimento rotacional com o pé travado no chão.

Como evitar lesões de ligamento no joelho?

A prevenção de lesões ligamentares é possível, e sempre será preferível ao tratamento de lesões estabelecidas.

Condicionamento físico, fortalecimento muscular, aquecimento adequado, técnica correta nos movimentos, são todas medidas que comprovadamente diminuem a incidência de lesões.

Exercício do programa Fifa 11+ | Dr. Pedro Giglio

Um exemplo emblemático é o programa Fifa 11+, com exercícios de condicionamento e aquecimento para a prática de futebol, que tem eficácia cientificamente comprovada em diminuir o risco de lesões. (baixe o programa completo)

Tive um entorse do joelho, como saber se pode ser uma lesão grave?

São sinais de seriedade em um entorse de joelho, que indicam cuidados médicos:

  • Dor intensa ou prolongada
  • Inchaço da articulação
  • Incapacidade de tolerar carga (peso do corpo)
  • Dificuldade de andar sem mancar
  • Sensação de instabilidade, falseio ou do joelho sair do lugar
  • Travamento

Qual é o tratamento inicial para um entorse de joelho?

São medidas iniciais para uma torção do joelho:

  • Interromper a atividade
  • Elevação da perna
  • Bolsa de gelo
  • Proteção da articulação
  • Repouso
  • Buscar atendimento médico para diagnóstico e orientação de tratamento

Todas lesões de ligamento no joelho precisam de cirurgia?

Não, muitas lesões ligamentares do joelho são tratadas sem cirurgia, em geral com uma combinação de imobilização e reabilitação. São fatores que determinam a necessidade de cirurgia para uma lesão ligamentar do joelho:

  • A capacidade de cicatrização do ligamento lesado
  • O grau de lesão: distensão, lesão parcial ou lesão total
  • A combinação com outras lesões ligamentares
  • Intensidade da demanda física ou esportiva
  • Sintomas de instabilidade ou falseio
Graus de lesão ligamentar | Dr. Pedro Giglio

Graus de lesão ligamentar: à esquerda, grau 1, distensão; no centro, grau 2, lesão parcial; à direita, grau 3, lesão completa.

Quais são as cirurgias para lesões de ligamento no joelho?

De forma geral, ligamentos podem ser tratados com cirurgias de reparo ou reconstrução.

  • Reparo de um ligamento consiste em unir as partes lesadas do ligamento com suturas ou reinserir no osso um ligamento que foi arrancado. O objetivo é a cicatrização do ligamento original
  • Reconstrução é a substituição do ligamento lesado por um enxerto de tendão. É utilizada para ligamentos com baixa capacidade de cicatrização, lesões crônicas ou como reforço para um reparo ligamentar.

O que é luxação do joelho?

Luxação é o deslocamento completo dos ossos de uma articulação. Luxação sempre é uma lesão grave, já que a articulação só se desloca quando há lesão dos ligamentos. No joelho, pode ocorrer a luxação da patela ou da articulação entre a tíbia e o fêmur. Esta última é a que conhecemos como luxação do joelho.

A luxação do joelho ocorre com traumas de energia intensa, que ocorre com lesão de mais de um dos grandes grupos de ligamentos do joelho: pivô central (LCA e LCP), canto póstero-lateral, canto póstero-medial.

Na maioria dos casos, o joelho volta imediatamente para o lugar, mas os ligamentos se mantêm instáveis. Além disso, pode ocorrer lesão dos vasos sanguíneos e nervos da perna em uma luxação de joelho.

A luxação do joelho é uma lesão complexa, que deve ser avaliada imediatamente. O tratamento cirúrgico é necessário, e os resultados do tratamento precoce são melhores do que do tratamento tardio.


Sempre procure diagnóstico, orientações médicas e um plano de tratamento individualizado. O Núcleo de Ortopedia Especializada possui especialistas renomados em todas as áreas da Ortopedia moderna.

Referências